UA-60948935-1

Você é do tamanho dos seus sonhos! | Mapa da Educação Internacional | MAPAei

9 setembro 2015
Comments  0

Shenzhen University

Você já ouviu alguma vez a frase “Você é do tamanho dos seus sonhos”? Eu garanto que pelo menos três pessoas ouviram e tiveram a coragem de sonhar grande, muito grande. São elas: Diego, Gustavo e Letícia, os intercambistas da MAPAei que acabaram de chegar à China onde vieram estudar mandarim. Conheça um pouco de suas histórias e deixe-se inspirar por sua determinação e força de vontade. Com vocês, os mais novos estudantes da Universidade de Shenzhen.

DIEGO

Diego

A primeira vez que pisou na China, Diego estava trabalhando para uma multinacional da área  de informática. Dois meses vivendo em Shenzhen foram suficientes para que este campineiro  de 28 anos tomasse a decisão de, um dia, ir morar definitivamente naquele país. A paixão foi  tamanha que Diego preferiu pedir demissão do seu antigo emprego e voltou a ser estudante na  Universidade de Shenzhen. E o que exatamente causou esta paixão incontrolável pela China?  Em primeiro lugar, os chineses e sua cultura. Depois a forma como a cidade de Shenzhen está organizada e sua extraordinária infraestrutura e, mais importante de tudo, a profusão de oportunidades que são oferecidas aos estrangeiros a toda hora. Oportunidade de conhecer novas pessoas com novas formas de pensar; oportunidade de praticar coisas que nunca se pensou fazer antes como, por exemplo, jogar badminton; oportunidade de entender novas religiões como o budismo e, obviamente, oportunidade de trabalhar em novas áreas nunca antes aventadas. Há menos de um mês morando em Shenzhen na casa de um amigo brasileiro, Diego já fez muitos programas, sempre acompanhado de amigos chineses, sendo o preferido se aventurar na culinária chinesa.

 

Intercambistas almoçando no restaurante dos chineses muçulmanos.
Leticia, Diego e Gustavo almoçando no restaurante dos chineses muçulmanos.

GUSTAVO

Gustavo Meissner-MAPAeiGustavo, 33 anos, nunca foi um cara de pensar dentro da caixa, ou melhor, de viver dentro de  uma única caixa. Conhecer apenas um país, o Brasil, e não saber o que o mundo tinha a  oferecer além das lindas praias da sua cidade de Balneário Camboriú, não faziam parte dos  seus planos. Por isso, depois de terminar a faculdade de direito, Gustavo foi se aventurar na  Europa onde morou em Londres e Barcelona. Foi lá que ele descobriu o mundo do trading e  decidiu voltar ao Brasil para cursar Comércio Exterior, já pensando na China como seu próximo destino. E aqui está ele, vivendo numa China totalmente diferente daquela que ele imaginava. Uma China que, segundo ele, é moderna, grandiosa e sensacional, na qual, apesar de ser estrangeiro, ele se sente acolhido e amparado pelo povo. Muito mais do que trabalhar com comércio exterior, o que Gustavo quer é melhorar seu mandarim e poder se aculturar a ponto de ter, no futuro, um sócio chinês. Não falei que esse trio pensava grande?

Intercambistas da MAPAei, curtindo a noite da China
Leticia e Gustavo no Sea World em Shenzhen

 

LETÍCIA

Leticia

Essa não é a primeira vez que Letícia vem à China. Aos 16 anos, seus pais lhe ofereceram a  oportunidade de fazer um intercâmbio pelo Rotary. Como não havia mais disponibilidade para  o país que ela gostaria de ir, a Alemanha, Letícia resolveu optar pelo destino menos óbvio para  uma menina da sua idade: Taiwan. Foi lá que ela viveu durante onze meses na casa de três  famílias chinesas diferentes e aprendeu a gostar da cultura milenar daquele país. De volta ao  Brasil, Letícia se formou em Relações Internacionais e começou a planejar sua volta à China para trabalhar. Depois de escrever diversos e-mails para todas as pessoas que ela achava que poderiam ajudá-la nesta empreitada, Letícia recebeu a sugestão de primeiro aprimorar o mandarim e depois partir em busca de um emprego. Foi aí que ela começou a trabalhar como tradutora e intérprete para angariar fundos para sua viagem e descobriu sua paixão por este trabalho. Hoje, aos 23 anos, já matriculada na Universidade de Shenzhen, estudar mandarim ganhou um novo sentido: o de prepará-la ainda melhor para sua futura carreira. Aliás, quem estiver precisando de traduções de inglês e espanhol para português, ela está à disposição. Letícia, no que depender de nós, você já está contratada!

 

Intercambista da MAPAei curtindo o final de semana na China
Letícia na praia de Dameisha em Shenzhen

 

 

Intercambistas da MAPAei, curtindo a China
Letícia e Diego soltando a voz no karaokê

 

Intercambistas em frente ao famoso relógio da Universidade de Shenzhen
O trio de intercambistas em frente ao famoso relógio da Universidade de Shenzhen onde está escrito: “Estude perseverantemente. Estude qualquer coisa. Em qualquer lugar. A qualquer tempo.”

 

Queridos intercambistas, a MAPAei tem muita honra e orgulho de ter feito parte do sonho de vocês. Se este também for o seu sonho, leitor, conte conosco para realizá-lo. E, como dizem os chineses, 加油(jia you)!

 

Foto ChrisChristiane Dumont é publicitária e vive há quase quatro anos em Shenzhen. Casada, mãe de 3 filhos, ela trabalha fornecendo suporte a brasileiros que desejam fazer negócios, estudar ou conhecer a China. Christiane também escreve para sites e mídias sociais e atua como gerente de marketing de um centro de língua e cultura que visa estreitar as relações entre chineses e estrangeiros do mundo inteiro. Ela é parceira exclusiva da MAPAei na área de educação e organiza o Programa Welcome Plus em Shenzhen.

 

Comments are closed.

matchmaker international dating service great tinder bios funny