UA-60948935-1

Muito pelo contrário - China | Mapa da Educação Internacional | MAPAei

29 fevereiro 2016
Comments  2

你好

Ni hao,

Quando ainda estudava na Shenzhen University, me lembro do quão enrolada fiquei quando fui fazer o teste do final do ano. As folhas da prova estavam grampeadas do lado direito e não do esquerdo, como estamos acostumados a ver, ou seja, a gente usava a mão esquerda para ir para a folha de trás. A outra prova era ainda mais complicada: uma folha tamanho grande e outra menor. A professora dobrava a folha maior ao meio com a abertura para o lado esquerdo e colocava a outra folha menor dentro. A gente não sabia, literalmente, por onde começar.

Sim, e daí? Qual o problema?

Nenhum problema, mas isso me fez pensar em todas as pequenas coisas que fazem parte do nosso dia-a-dia e que a gente considera como certas e inquestionáveis. Só que estamos na China e, aqui, as coisas são um pouco diferentes por que a lógica é outra.

Por exemplo, qual dos bonequinhos do sinal de trânsito pisca para mostrar que o sinal esta prestes a abrir? O vermelho ou o verde? O Walk ou o Don’t Walk? No Brasil e em outros lugares do mundo (andei pesquisando no youtube) é o vermelho. Aqui, é o verde. Você, que está para vir para China, quando chegar aqui não confie no bonequinho verde nem na faixa de pedestre. Ao atravessar a rua, confie apenas nos seus próprios olhos e mantenha-os bem abertos!

Os botões de alguns elevadores também me fazem sentir como uma velhinha gagá. Imaginem-se cheios de compras, atrasados para um encontro, pensando no dever de chinês que ainda precisa ser feito e entrando num elevador como este aí embaixo. É óbvio que depois de alguns segundos de observação, você passa a entender que a leitura é na vertical e não na horizontal, como na maioria dos elevadores do Brasil. Mas quem é que está prestando atenção na ordem dos botões quando entra num elevador?

Foto1a China

Certo dia, fiz uma grande descoberta! Brasil em chinês é “baxi” ou 巴西. O primeiro caractere não tem significado, mas tem som de “ba” e o segundo caractere é o de “xi” que significa oeste. Ou seja, baxi é o “ba do oeste”. Lógico, o Brasil está do lado esquerdo da China no mapa mundi. Que interessante! Que lógico! Quando fui contar radiante para a professora sobre minha descoberta, ela ficou me olhando e disse: Mas o Brasil não fica no leste? Foi aí que me toquei que, no mapa mundi daqui, o Brasil está do lado direito da China. Amigos, quando vocês acham que achou uma ponta de lógica na qual apoiar sua esperança de aprender mandarim, você descobre que não é nada do que está pensando.

Foto 2 China

 

Mas o mais surpreendente é a forma como eles mostram as promoções. Quando você vê uma placa com 8折, não significa que você vai pagar menos 8% nem menos 80%, mas sim que você vai ter um desconto de 20%. O número que eles mostram corresponde ao valor final que você vai pagar, com o detalhe que eles gostam de eliminar os zeros para ficar mais bonitinho. Entenderam? Eu demorei para entender.

Foto 3 China

Para vocês que estão pensando em vir para a China, preparem-se para se desfazer da lógica ocidental e passar a ver o mundo por um outro ponto de vista. Mas não é exatamente aí que está a graça de vir para o este lado do mundo?

Zai Jian

再见

 

Christiane DumontChristiane Dumont é pós-graduada em Marketing pela PUC-RJ. Possui 26 anos de experiência nas áreas de Marketing e Comunicação tendo trabalhado como diretora em grandes agências de propaganda e empresas de mídia no Brasil. Christiane fala português, francês e inglês e mandarim intermediário e há mais de quatro anos, escreve semanalmente sobre a China para o jornal Gazeta do Povo do Paraná. Recentemente formada em Life & Professional Coach pela Sociedade Brasileira de Coach, vem assessorando pessoas a atingirem seus objetivos tanto no Brasil como na China. Christiane está baseada na cidade de Shenzhen. Blog Gazeta do Povo: http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/uma-familia-brasileira-na-china

 

2 responses on “Muito pelo contrário – China

  1. maria helena torres muller disse:

    Adorei! Já tenho boas dicas para quando for pra China!!! Mto bom seu artigo, parabéns!!!